Terça-Feira, 2 de Setembro de 2014
Governo do Ceará

Órgãos do Estado

Acesso Rápido

O que você precisa?

Telefones Úteis

voltar imprimir
Aumentar texto Diminuir texto

Área de Proteção Ambiental da Lagoa de Uruaú

1. APRESENTAÇÃO

A APA da Lagoa do Uruaú, unidade de conservação de uso sustentável, criada por meio do DECRETO Nº 25.355, de 26 de janeiro de 1999, abrange uma área de 2.672,58 hectares e localiza-se no Município de Beberibe, na costa leste do Estado do Ceará, a 85 Km de Fortaleza. O acesso a esta unidade de conservação se dá, partindo de Fortaleza, pela CE 040. As normas para gerenciamento da APA são regidas pela Instrução Normativa Nº 02, de 15 de outubro de 1999.

2. JUSTIFICATIVA DE CRIAÇÃO

Justifica-se sua criação em face das peculiaridades ambientais da Lagoa do Uruaú e demais ecossistemas existentes na área, que os tornam refúgio biológico de grande valor, além de serem dotados de equilíbrio ecológico muito frágil em função de sua própria natureza e por intervenção da ação antrópica.

3. CARACTERÍSTICAS GERAIS

A Lagoa do Uruaú integra parte dos ecossistemas da planície litorânea e dos tabuleiros pré-litorâneos, onde a planície flúvio-lacustre apresenta-se embutida.

A vegetação é diversificada, desde espécies de gramíneas até componentes arbóreos ou arbustivos, conforme localização na faixa praial, dunas fixas e semi-fixas, tabuleiros pré-litorâneos ou a mata ciliar da lagoa.

A composição faunística da área é relativamente pouco diversificada, apresentando uma baixa densidade de povoamento e com características diferenciadas para cada ecossistema, onde podem ser encontradas espécies deslocadas do seu “habitat” natural em função da ação antrópica.

4. PLANTAS E MAPAS

Mosaico de fotografias aéreas, Planta de Delimitação da Poligonal

5. COMUNIDADES

A população do Município de Beberibe, os veranistas e os turistas usufruem das riquezas ambientais da área, através do desenvolvimento de práticas de atividades turísticas e de lazer.

Inseridas nos limites da APA, existem seis comunidades que sobrevivem diretamente da utilização de seus recursos naturais, basicamente da pesca e da agricultura de subsistência, quais sejam: Ponta D’água I, Ponta D’água II, Ponta D’água III, Cumbe, Caetanos e Carrapicho. Existem, também, cinco comunidades situadas em suas adjacências: Córrego da Cotia, Uberaba, Praia do Uruaú, Praia da Barra da Sucatinga e Sucatinga.

6. ATIVIDADES PROIBIDAS

• Implantação ou ampliação de quaisquer tipos de construção civil sem o devido licenciamento ambiental

• Supressão de vegetação e uso do fogo sem a autorização da SEMACE

• Atividades que possam poluir ou degradar os recursos hídricos abrangidos pela APA, como também o despejo de efluentes, resíduos ou detritos capazes de provocar danos ao meio ambiente

• Tráfego de veículos fora dos acessos e trilhas pré estabelecidos

• Intervenção em áreas de preservação permanente, como: margens da lagoa, campo de dunas e demais áreas que possuem restrições de uso, determinadas no zoneamento da APA

• Demais atividades danosas previstas na legislação ambiental

7. PROBLEMAS AMBIENTAIS

Os principais problemas existentes na APA são decorrentes da ação antrópica, ocasionados pela especulação imobiliária, com a construção de casas de veraneio, muros, piers e decks, além de desmatamento, queimadas, pesca predatória e tráfego de veículos sobre as dunas.

A SEMACE realiza fiscalizações semanais na área. Entretanto, a colaboração da sociedade é imprescindível na gestão desta unidade de conservação, denunciando as agressões ao meio ambiente e adotando atitudes que propiciem o desenvolvimento de uma consciência ecológica na população e nos visitantes.

8. ADMINISTRADOR

Gerente: Roberta Maria Barbosa Cleston

E-mail: roberta@semace.ce.gov.br

Formação Profissional: Pedagoga

Telefone: (85) 3101.5550 / 3101.5549

Disque Natureza: 0800 275 22 33

9. TURISMO

Na região podem ser realizadas caminhadas nas trilhas ecológicas, além de atividades náuticas (windsurf, kitesurf, wakeboard, remo, pesca amadora…)

10. PARCERIAS

•Conselho Deliberativo da APA;

•Prefeitura Municipal de Beberibe;

•Associações Comunitárias;

•Associações do Bugueiros (seis);

•Colônia de Pescadores.

11. ATIVIDADES

11.1. Permanentes

• Fiscalização e monitoramento;

• Licenciamento ambiental;

• Educação Ambiental;

• Monitoramento da qualidade da água da lagoa;

• Realização de campanhas educativas e informativas junto às comunidades locais, adjacentes e flutuantes;

• Reuniões do Conselho Gestor (Consultivo).

11.2. Realizadas até 2005

• Campanhas educativas;

• Elaboração do diagnóstico e do Zoneamento Ambiental da APA;

• Termo de Referência para elaboração do Plano de Manejo;

• Delimitação da trilha dos bugres;

• Elaboração e produção de material educativo e informativo;

• Implantação do Projeto de Comunicação Visual, Sinalização e Mobiliário

Setembro  2014
S T Q Q S S D
   
1 2 3 4 5 6 7
8 9 10 11 12 13 14
15 16 17 18 19 20 21
22 23 24 25 26 27 28
29 30  
WPEC is proudly sponsored by
True Media Concepts

SEMACE - Rua Jaime Benévolo 1400 Bairro de Fátima, 60050-081 Fortaleza, CE, Brasil - Ver localização no mapa

CALL CENTER: (0XX)(85) 3101 5580 DISQUE NATUREZA: 0800 275 22 33 EMAIL: semace@semace.ce.gov.br

© 2010 - Governo do Estado do Ceará. Todos os direitos reservados.